Quarta-feira, 18 de Outubro de 2006

" DIA PARA A ERRADICAÇÂO DA POBREZA "

Hoje foi o dia da erradicação da pobreza e (imaginem só!) em Portugal 1/5 da população vive no limiar da pobreza, o que convertido em números dá 2.000.000 de portugueses (números oficiais, claro).
Mas o que é viver no limiar da pobreza? È ser pobre? Ou viver na miséria?
Cá para mim, no limiar da pobreza, em Portugal, vive mais de metade da população, porque limiar significa entrada ou começo, então só 2 milhões de portugueses estão a começar a ser pobres? Deixem-me rir (já lá dizia a canção do Jorge Palma)! Onde foram buscar esses números? Quem querem enganar? Chama-se a isto tapar o sol com a peneira.
Num país em crise, onde o desemprego e o trabalho precário está na ordem do dia, onde a crise atinge, principalmente, a população activa e amedronta, com razão, a classe média, só há 2 milhões de portugueses a começarem a ser pobres?
Façam bem as contas meus senhores, e vejam que mais de metade da população portuguesa já entrou, ou seja, já ultrapassou o limiar da pobreza. Ainda comem batatas e feijão, às vezes, com um cheirinho a carne e peixe, mas ai deles se ficam doentes ou precisam de algo necessário e urgente, lá se vão as batatas e o feijão. Os dois milhões de que falam são os “pobrezinhos”, aqueles de que Guerra Junqueiro falava no seu poema “os pobres dos pobres são pobrezinhos…”. Pobres somos muitos milhões neste “ jardim a beira mar plantado”, pobres somos aqueles que nem um “eurito” no bolso, que aprenderam a dizer não aos caprichos dos filhos e até às suas necessidades (como as escolares por ex.), pobres somos aqueles que camufladamente escondem a sua falência com contorcionismos arrojados para conseguirem manter a família até ao fim do mês.
Dois milhões de portugueses estão à porta da pobreza. É verdade, mas em fila, porque outros mais de 2milhões já a transpuseram, isto sem falar de outros tantos que desde que nasceram nunca conseguiram atravessar esse limiar no sentido inverso.
Enfim, hoje é o dia da erradicação da pobreza. Será que os nossos governantes e parlamentares sabem o que significa a palavra “erradicação”? É que hoje ouvi dizer que a luz vai aumentar 16%, que os impostos não vão baixar senão em 2009, que é tudo a subir (desculpem-me, mas de repente, surgem-me ideias fálicas), sempre fomos um País teso…
Ai valha-nos a canção da Floribella “Pobres e Ricos”(não tenho nada, mas tenho tudo, , sou rico em sonhos , mas pobre em ouro, mas não me importa…). “Pobrete mas alegrete”, os pobres são mais felizes e com isto se enganam as criancinhas, os tolos e até os outros.
Acho que me fico por aqui. Sabem, já é tarde e ainda tenho que ir contar as moeditas do meu porta-moedas. Há que pensar no pão-nosso de cada dia e amanhã é outro dia.
 
(E.C.) /Granny
( artigo da autoria da granny)
a granny hoje sente-se: pobremente pobre
música: " Pobres e ricos "- Floribella
publicado por GRANNY Ditte às 02:14
link do post | comente | favorito
|
8 comentários:
De Anónimo a 19 de Outubro de 2006 às 19:06
Somos pobres, acredito. Cada vez a vida está mais cara................mas somos também muito pobres de espírito. Não vejo as pessoas deixarem de comprar a última geracção de telemoveis......porque afinal temos o mito da probreza envergonhada..........podemos não comprar o material escolar ( que devia ser dado pelo Estado, pelo menos até ao ensino obrigatório)............mas os nossos filhos irem para escola sem telemóvel é que não. Por isso e porque acho que as ideias se devem discutir (no bom sentido) fica a minha crítica.
Vamos combater a probreza em todas as suas vertentes e que tal começarmos por dar mais valor às coisas realmente importantes tais como a Vida ?
De Ditte a 20 de Outubro de 2006 às 05:39
caro desconhecido , não podia estar mais de acordo com o seu comentário.
Até que enfim que encontrei um tema polémico para discussão. Ser pobre ou não, eis a questão...
Obrigado pelo seu comentário que daria muito pano para mangas.
Um abraço da
Granny
De Anónimo a 22 de Outubro de 2006 às 02:45
Desculpa , devia ter dado pelo menos o meu nick.........sou a gegecas.....não sei se ti diz algo ou não. Mas não tiro uma vírgula ao meu comentário anterior. Somos pobres sim.........mas tb a maioria de nós , portugueses não abdica das coisas mais modernas e supérfulas............temos é que mostrar ao vizinho que somos os maiores e enquanto tivermos esta atitude.........nada feito não é??????????
De Ditte a 23 de Outubro de 2006 às 01:14
Querida amiga, sei quem és e espero que estejas bem e obrigado pela tua visita.
Continuando a nosso animado debate sobre o artigo que escrevi sobre a pobreza, aceito em parte o que dizes, pois isso acontece nos outros 5milhões a que não me refiro no artigo.
Portugal tem, segundo dizem, 10 milhões de habitantes a caminhar para os 11 milhões, eu apenas falei de metade da população, aquela que é realmente pobre, queira-se ou não acreditar. Os restantes são aqueles de que falas, e isso daria uma boa e longa conversa.
Sobre os telemoveis para as crianças, se puderes, ou quiseres, lê o meu artigo sobre as crianças desaparecidas.
Obrigado pela visita e volta sempre, é agradabilissimo falar com pessoas como tu, mesmo que tenhamos ideias diferentes, o que torna o debate rico...
Beijos da
Granny
De Maria Valadas a 20 de Outubro de 2006 às 18:26
Desapareces em noite de lua cheia...

Amiga...aguardo que batas á minha "porta".

Bjs..................................MariaValadas
De Ditte a 20 de Outubro de 2006 às 21:46
...às vezes é preciso desaparecer. Mas estou aqui no meu cantinho.
Talvez um dia reapareça numa noite de quarto minguante.Quem sabe?...
Felicidades
da
Granny
De Nan a 29 de Outubro de 2006 às 00:42
olá, granny!

toda a razão, neste teu post. mas quero dizer-te que aquele número dos 2 milhões, 20% dos portugueses, não foi referido em relação aos que estão no limiar da pobreza, mas sim aos que já vivem em miséria (80 cêntimos por dia, disseram...).
assim por alto, acho que às portas da pobreza estarão 40% dos portugueses, uns 25% na dita vidinha remediada, uns 10% no bem bom e os restantes onde a gente sabe...

(tb fiz um post nesse dia...)

ps: continuo à espera da letra do "Padre" :(

bjs
De Ditte a 29 de Outubro de 2006 às 03:32
Obrigado pela visita querida amiga.
Estamos pobres, mesmo muito pobres, em situações impensáveis. Felizes os quase 10 ou 15% que não o são.
Como já disse é um tema que dá pano para mangas.
Sobre a letra do "Padre" tenho tentado enviar-te a canção, mas não consigo, talvez por falta de capacidade do teu email. Vou tentar de novo.
Felicidades e volta sempre.
Um beijo da
Granny

diga o que tem a dizer

.mais sobre a granny

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts da granny

. " AS MULHERES DE CERTA ID...

. " DIA DO ANIMAL "

. "A FELICIDADE EXIGE VALEN...

. RECOMEÇAR OU NÃO... EIS A...

. " AS MULHERES CELTAS - UM...

. " LIVE EARTH"- UM CONTRIB...

. " UM POEMA DE PAIXÃO...OU...

. " PALCO "

. " GENERATION GAP" ou "ENT...

. " Riam , Riam muito"

.baú da granny

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.os tags da granny

. todas as tags

.os favoritos da granny

. RECOMEÇAR OU NÃO... EIS A...

. " MULHERES GORDINHAS "

. "O QUE APRENDI "

. " O QUE SOU "

. "O DIA DAS CRIANÇAS DESAP...

. "VIOLENCIA CONTRA AS MULH...

.links

.as fotos da granny

blogs SAPO

.subscrever feeds